Troca de livros em Ceilândia vai até sábado dia 7

http://www.jornaldebrasilia.com.br/noticias/cidades/651730/projetotroca-livroem-ceilandia-vai-ate-o-dia-7-de-novembro/

Minibiblioteca é criada a partir de livros encontrados no lixo

G1 – Minibiblioteca é criada a partir de livros encontrados no lixo no RS – notícias em Rio Grande do Sul


“Eu quero que meus dois filhos criem o hábito da leitura desde pequeno, não seja igual a eu, que depois de adulta, já depois que está trabalhando, me apegar pela leitura.”

Estudantes de psicologia da UEL arrecadam livros e brinquedos

Livros

 

A empresa júnior de Psicologia da UEL, Elo Consultoria, realiza a campanha “SuperAção: Arrecadação de Livros e Brinquedos Infantis”. Estudantes, professores e servidores podem fazer doações até o próximo dia 4 de setembro na Central de Salas do Centro de Ciências Biológicas (CCB) e no Centro Acadêmico de Psicologia. No Centro de Londrina, a entrega pode ser feita no Edifício Fernanda, localizado na Rua Espírito Santo, 1114. Todo material será destinado a uma instituição de caridade.

O projeto tem o apoio da Associação Atlética VI de Setembro (Atlética de Psicologia da UEL), do Centro Acadêmico de Psicologia e do Projeto Sensibilizarte. Informações pelo telefone (43) 3017-3731 ou pelo e-mail eloconsultoriajr@gmail.com.

Força das palavras

 

Qualquer um pode fazer a diferença nesse mundo, você pode fazer o bem onde e quando quiser, a escolha sempre será sua!

Prêmio de R$ 30 mil!

Livro x lixo

Texto do site: Diário de Cuiabá

Uma matéria sobre lixo trocado por livros, chamou-me muito a atenção, há tempos. Trata-se do Projeto Livro Livre, implantado nas escolas de primeiro grau de Jaraguá do Sul, e que já foi realizado em Blumenau e Gaspar. Um projeto que pode e deve ser levado a muitas cidades pelo Brasil. Envolve várias entidades e o projeto é uma ação educativa no sentido de proporcionar aos estudantes a aquisição de pelo menos um livro por mês, sem nenhum custo para o aluno, para a escola, nem para a prefeitura, auxiliando os professores na missão de incutir o gosto pela leitura nos leitores em formação. Para ganhar o livro, a cada mês os alunos deviam levar à escola pelo menos um quilo de lixo reciclável, que seria comprado por uma empresa previamente contratada para a reciclagem.

Bibliotecas a céu aberto

Bibliotecas a céu aberto

Filho de um professor de história e formado em geografia, Pedro Geromilich, de 33 anos, tem forte ligação com os livros desde a infância. Conforme foi ficando mais velho, entretanto, sua paixão começou a ir além de desfrutar a coleção de 3 000 volumes que tinha em casa. Ainda estudante, ele passou a nutrir o desejo de espalhar o hábito da leitura entre as pessoas que não tinham acesso às obras de que tanto gostava.

Leia mais em: http://vejario.abril.com.br/edicao-da-semana/carioca-nota-dez-pedro-geromilich-792330.shtml

Livros em tecido

 

Livro de tecido

A produção de livros pedagógicos ou decorativos feitos com tecidos variados pela Oficina de Costura é mais uma alternativa de renda para voluntárias da ONG Estação Vida, no Shopping Park, zona sul de Uberlândia. Mas o material para confecção está escasso, pois a ONG tem recebido poucas doações, segundo a gestora de projetos da ONG, Fernanda Lemos Horta Jabour, e os livros em tecido vêm sendo vendidos somente por encomenda a preços que variam de R$ 40 a R$ 100.

Leia a matéria completa em:

https://www.correiodeuberlandia.com.br/cidade-e-regiao/ong-estacao-vida-produz-livros-pedagogicos-ou-decorativos-feitos-com-tecidos/