Categorias
Informativos

Dicas para simplificar suas pesquisas

Conheça truques para otimizar seu tempo e fazer seus trabalhos de maneira mais eficaz.

 

Para iniciar qualquer pesquisa é preciso deixar bem claro o seu tema e qual seu objetivo em pesquisá-lo

Universitários costumam enfrentar um desafio árduo em seus primeiros semestres de aula: as pesquisas acadêmicas. Uma das causas dos problemas é a dificuldade que os alunos têm em desenvolver um método eficiente para pesquisar e, em muitos casos, a falta de orientação sobre as melhores táticas na hora de procurar referências, por exemplo.

Se você está pensando em se envolver em um projeto de pesquisa no próximo semestre, precisa conhecer as 7 boas dicas preparadas pela Universia Brasil que irão facilitar seu trabalho, deixando-o com mais tempo livre para se dedicar a outras atividades e, até mesmo, novos projetos. Confira!

1. Saiba qual é seu ponto de partida

Para iniciar qualquer pesquisa é preciso deixar bem claro o seu tema e qual seu objetivo em pesquisá-lo. A melhor maneira de fazê-lo é definir sua pergunta inicial, que deve estar respondida ao final de seu projeto. Os livros e materiais que você selecionar devem estar focados na resposta dessa pergunta, para que você não acabe perdendo o foco e pesquise sobre temas que não o ajudarão na conclusão da pesquisa.

2. Crie seu próprio sistema

Pesquisas são trabalhos longos, que podem durar anos, ou seja, é fácil se perder durante o andamento dos estudos. Para evitar isso é preciso criar um sistema que permita o controle sobre as etapas que você já cumpriu e as referências que você está utilizando. Existem softwares que permitem esse controle, mas o melhor mesmo é utilizar um sistema que funcione para as suas necessidades. Caso você não se adapte aos aplicativos, tente recorrer a um caderno, separando as referências, citações que achar interessantes e até mesmo ideias que surgirem em cada fase do projeto.

3. Divida a pesquisa em etapas

Para se concentrar melhor, é mais fácil dividir seu projeto em partes, para que você possa explorar cada tópico do tema profundamente e sem se perder. Use seu sistema de referências para manter a ordem conforme a pesquisa for avançando.

4.  Planeje

Pesquisas exigem um alto grau de organização para que todos os prazos sejam cumpridos. Por isso, é importante estabelecer metas e criar um calendário com as datas mais relevantes. Entre as atividades que podem ser catalogadas estão a carga de leitura e quantos capítulos devem ser escritos em determinados períodos de tempo.

5.  Diversifique suas fontes

A Wikipedia pode ser um bom começo para sua pesquisa, afinal, inclui diversas referências e palavras-chave que podem te ajudar no início da sua busca por material de apoio. Faça o mesmo ao encontrar bons livros sobre o tema: anote as referências bibliográficas e utilize-as como material de apoio.

6.  Tenha um livro de ideias

Nunca se sabe quando você pode ter um insight ou descobrir uma publicação muito interessante para seu artigo. Tenha um caderno exclusivo para sua pesquisa sempre com você, para que você possa estar preparado em caso de eventualidades.

7.  Peça ajuda

Os professores estão acostumados com as burocracias e dificuldades dos pesquisadores e podem ajudar tanto em termos de conteúdo quanto de experiências pessoais, portanto, aproveite o conhecimento dos mestres como um recurso pessoal. Tire dúvidas e peça conselhos a eles sempre que possível. Quem também pode ajudá-lo são os colegas que também estejam passando por isso ou estudem temas relacionados, além de bibliotecários. Estes últimos têm acesso a uma enorme quantidade de materiais e costumam conhecer bem as bibliotecas, o que pode ser útil quando você estiver procurando por livros e publicações raras, por exemplo.

Fonte: Universia Brasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *